No Exterior, brasileiros reafirmam: #EleiçãoSemLulaÉFraude

23/01/2018 - 10:13

No último final de semana houve manifestações em várias cidades do mundo

Nem o frio cortante e o tempo ruim impediram que brasileiros que vivem em várias cidades da Europa e da América do Norte fossem às ruas no último final de semana para expressar seu apoio à democracia e ao direito de o ex-presidente Lula ser candidato nas eleições de outubro.

Manifestantes se reuniram em frente a embaixadas e consulados brasileiros e também realizaram atos em marcos simbólicos de capitais europeias, como Paris, e em Washington, nos Estados Unidos.

Mesmo longe, os brasileiros – que vêm se manifestando em defesa da democracia desde o golpe que destituiu a presidenta Dilma Rousseff – estão atentos e organizaram as manifestações em solidariedade a Lula. Com seus eventos, eles se somam aos milhões de trabalhadores e trabalhadoras que estão se mobilizando em todo o Brasil para denunciar que o ex-presidente é vítima de uma feroz perseguição política-judicial-midiática e que #EleiçãoSemLulaÉFraude.

Na capital dos EUA, a manifestação em apoio a Lula aconteceu no sábado (20) durante a Marcha das Mulheres, que realizaram uma grande passeata do Lincoln Memorial até a Casa Branca, sede do governo.

No evento, que reuniu milhares de pessoas, os brasileiros tiveram um importante apoio, do deputado democrata Keith Ellison, que marchou segurando um cartaz dizendo “We stand With Lula” (Estamos com Lula).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Também ontem, aconteceu manifestação dos brasileiros na capital do México, em frente à Embaixada do Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

Europa

Na Alemanha, três atos foram realizados no final de semana: em Frankfurt, no sábado e na capital Berlim e em Colônia, no domingo (foto).

Na Espanha, houve atos ontem em Madri e em Barcelona (foto abaixo). Na Suíça, brasileiros se reuniram em Zurique no sábado. Ainda ontem, houve atos também em Roma (Itália) e na capital da Holanda, Amsterdam.

 

 

 

 

 

 

Em Paris, nem mesmo a intensa chuva impediu que um grupo de brasileiros realizassem seu ato ontem em frente ao principal marco da capital francesa, a Torre Eiffel. E em Estocolmo, capital da Suécia, os brasileiros protestaram sob um frio de -10º.

 

 

 

 

 

 

 

 

Novos atos

Nestas terça (23) e quarta-feira (24), outras atividades estão marcadas para reafirmar a solidariedade ao ex-presidente Lula e a defesa da democracia no Brasil, mesmo em cidades onde já houve manifestação. Confira alguns deles:

• Terça-feira, 23 de janeiro 

– Nova Iorque (EUA): Democracy in Brazil - Ato Público na Union Square, Manhattan às 19 horas.

- Boston (EUA): Ato Pró-Lula e em defesa da Democracia, em frente ao Consulado-Geral do Brasil, às 17 horas.

– Bruxelas (Bélgica): Ato em defesa de Lula e da Democracia, em frente à Bolsa de Valores, Boulevard Anspac, às 18 horas.

– Lisboa (Portugal): Ato do Coletivo Andorinha - Eleição Sem Lula é Fraude! Abaixo o Estado de Exceção, na Praça Luís de Camões, às 18 horas.

• Quarta-feira, 24 de janeiro

– Munique (Alemanha): Die Vorverurteilung des Ex. Präsidenten Lula / Em defesa de Lula, no Café Unopiú, às 18 horas

– Paris (França): Roda de Debate sobre o resultado do julgamento e o prosseguimento da luta contra o golpe, na Bourse de Travail, às 18h30

– Berlim (Alemanha): Contra a arbitrariedade – Solidariedade a Lula, no Portão de Brandenburger, às 17 horas 

– Genebra (Suíça): Ato Eleição sem Lula é fraude!, em frente ao prédio da ONU, às 11h30.