CUT-PB participa do 12º CONCUT

Entre secretários e diretores executivos, foram 44 nomes e pela primeira a paridade de gênero foi alcançada com mulheres e homens compondo a nova direção da maior central sindical do país.

Escrito por: ascom da CUT PB • Publicado em: 19/10/2015 - 08:46 Escrito por: ascom da CUT PB Publicado em: 19/10/2015 - 08:46

Mais de 2 mil delegados e delegadas elegeram no 12º Congresso Nacional da CUT (#CONCUT), a nova Executiva Nacional que comandará a Central até 2019 (cliquei aqui para conhecer - http://cut.org.br/conteudo/executiva-nacional-2015-2019/). Entre secretários e diretores executivos, foram 44 nomes e pela primeira a paridade de gênero foi alcançada com mulheres e homens compondo a nova direção da maior central sindical do país. O atual presidente,  Vagner Freitas foi reeleito.

A Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT-PB) também foi escolhida, com paridade, para compor a nova diretoria da CUT Nacional, através dos sindicalistas Paulo Marcelo (presidente da CUT-PB) e Luzerina Linhares (diretora do SINTTEL). A Paraíba foi representa com 41 delegados das diversas categorias entre sindicatos e federações.

 O 12º CONCUT também apontou a linha política a ser seguida pela Central nos próximos quatro anos, cujo tema foi “Educação, Trabalho e Democracia”, Direito não se reduz se amplia. Na abertura, os ex-presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e do Uruguai, José Pepe Mujica, participaram de um ato em defesa da democracia.

A novidade desse congresso se deu pela inovação na forma de interatividade organizativa durante a criação e elaboração de um novo modelo de organização, que visou ampliar a participação dos trabalhadores nos debates que ajudaram a definir as resoluções que servem de referência para construção do caderno-base do CONCUT.

Segundo Luzenira Linhares, da secretária de Mulheres da CUT-PB, o 12° Concut foi um dos melhores congressos já realizados do ponto de vista da organização, " gostei da maneira como foi articulada as atividades de formação do congresso, pois se diferenciou dos demais com um fortalecimento maior dos conteúdos de formação. Foi muito enriquecedor esse congresso", explicou. 

Durante os congressos estaduais da Central, assembleias de base tiveram um caráter formativo, discutindo o papel do Congresso e da CUT, e também indicando os delegados que participariam deste encontro nacional, além dos novos presidentes.


O congresso em números

A CUT-PB é a quinta maior central sindical do mundo, a CUT impressiona também quando se analisa os dados de seu Congresso. Ao todo, mais de 2.435 delegados [1.410 homens e 1.015 mulheres] do campo e da cidade participarão do encontro, além de 219 dirigentes de sindicatos de 71 países.

Saiba mais sobre o 12º CECUT: http://www.cut.org.br/

 

 

 

 

Título: CUT-PB participa do 12º CONCUT, Conteúdo: Mais de 2 mil delegados e delegadas elegeram no 12º Congresso Nacional da CUT (#CONCUT), a nova Executiva Nacional que comandará a Central até 2019 (cliquei aqui para conhecer - http://cut.org.br/conteudo/executiva-nacional-2015-2019/). Entre secretários e diretores executivos, foram 44 nomes e pela primeira a paridade de gênero foi alcançada com mulheres e homens compondo a nova direção da maior central sindical do país. O atual presidente,  Vagner Freitas foi reeleito. A Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT-PB) também foi escolhida, com paridade, para compor a nova diretoria da CUT Nacional, através dos sindicalistas Paulo Marcelo (presidente da CUT-PB) e Luzerina Linhares (diretora do SINTTEL). A Paraíba foi representa com 41 delegados das diversas categorias entre sindicatos e federações.  O 12º CONCUT também apontou a linha política a ser seguida pela Central nos próximos quatro anos, cujo tema foi “Educação, Trabalho e Democracia”, Direito não se reduz se amplia. Na abertura, os ex-presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e do Uruguai, José Pepe Mujica, participaram de um ato em defesa da democracia. A novidade desse congresso se deu pela inovação na forma de interatividade organizativa durante a criação e elaboração de um novo modelo de organização, que visou ampliar a participação dos trabalhadores nos debates que ajudaram a definir as resoluções que servem de referência para construção do caderno-base do CONCUT. Segundo Luzenira Linhares, da secretária de Mulheres da CUT-PB, o 12° Concut foi um dos melhores congressos já realizados do ponto de vista da organização, " gostei da maneira como foi articulada as atividades de formação do congresso, pois se diferenciou dos demais com um fortalecimento maior dos conteúdos de formação. Foi muito enriquecedor esse congresso", explicou.  Durante os congressos estaduais da Central, assembleias de base tiveram um caráter formativo, discutindo o papel do Congresso e da CUT, e também indicando os delegados que participariam deste encontro nacional, além dos novos presidentes. ‘ O congresso em números A CUT-PB é a quinta maior central sindical do mundo, a CUT impressiona também quando se analisa os dados de seu Congresso. Ao todo, mais de 2.435 delegados [1.410 homens e 1.015 mulheres] do campo e da cidade participarão do encontro, além de 219 dirigentes de sindicatos de 71 países. Saiba mais sobre o 12º CECUT: http://www.cut.org.br/        



Informativo CUT PB

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.