Trabalhadores da Paraíba exigem renúncia do governo golpista de Michel Temer em ato "Fora Temer e Diretas já"

Cerca de 2 mil pessoas participaram do ato

Escrito por: ascom da CUT-PB • Publicado em: 19/05/2017 - 16:14 • Última modificação: 19/05/2017 - 16:47 Escrito por: ascom da CUT-PB Publicado em: 19/05/2017 - 16:14 Última modificação: 19/05/2017 - 16:47

Emmanuela Nunes

Em defesa dos direitos dos trabalhadores, da democracia, das Diretas Já e pelo Fora Temer, a Central Única dos Trabalhadores da Paraíba em parceria com outras Centrais Sindicais e as Frentes: Brasil Popular da Paraíba e Povo sem Medo, realizou nesta quinta-feira (18), um Ato Político, que teve concentração em frente ao Lyceu Paraibano, às 15h, de onde seguiram em caminhada rumo ao Ponto de Cem Réis.

Aos gritos de 'Fora Temer, Diretas já', cerca de 2mil trabalhadores (as), mostraram toda a indignação e repúdio ao governo corrupto, ilegítimo e golpista de Michel Temer, que na última quarta-feira (17) foi denunciado com a compra do silêncio de Eduardo Cunha, deputado cassado e ex-presidente da Câmara, que está preso em Curitiba. A bomba surgiu a partir da delação dos donos da JBS, Joesley e Wesley Batista. A abertura de investigação formal contra o presidente foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com Joel Nascimento, secretário-geral da CUT-PB, os movimentos sociais e a classe trabalhadora exigem a renúncia do golpista Michel Temer “Os acontecimentos mais recentes noticiados pela imprensa, em que citam manobras praticadas pelos golpistas Michel Temer e Aécio Neves, que implicaram inclusive em mudanças na rotina do Congresso Nacional, nos faz acreditar que as ruas desse país serão novamente tomadas pelo povo, exigindo a saída imediata de Michel Temer e a convocação de eleições gerais imediatamente. Por isso, nós estamos confiante na mobilização e grandiosidade dos protestos que se espalharam por todo o Brasil pelo Fora Temer e Diretas Já”, explicou.

 

 

Título: Trabalhadores da Paraíba exigem renúncia do governo golpista de Michel Temer em ato "Fora Temer e Diretas já", Conteúdo: Em defesa dos direitos dos trabalhadores, da democracia, das Diretas Já e pelo Fora Temer, a Central Única dos Trabalhadores da Paraíba em parceria com outras Centrais Sindicais e as Frentes: Brasil Popular da Paraíba e Povo sem Medo, realizou nesta quinta-feira (18), um Ato Político, que teve concentração em frente ao Lyceu Paraibano, às 15h, de onde seguiram em caminhada rumo ao Ponto de Cem Réis. Aos gritos de Fora Temer, Diretas já, cerca de 2mil trabalhadores (as), mostraram toda a indignação e repúdio ao governo corrupto, ilegítimo e golpista de Michel Temer, que na última quarta-feira (17) foi denunciado com a compra do silêncio de Eduardo Cunha, deputado cassado e ex-presidente da Câmara, que está preso em Curitiba. A bomba surgiu a partir da delação dos donos da JBS, Joesley e Wesley Batista. A abertura de investigação formal contra o presidente foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com Joel Nascimento, secretário-geral da CUT-PB, os movimentos sociais e a classe trabalhadora exigem a renúncia do golpista Michel Temer “Os acontecimentos mais recentes noticiados pela imprensa, em que citam manobras praticadas pelos golpistas Michel Temer e Aécio Neves, que implicaram inclusive em mudanças na rotina do Congresso Nacional, nos faz acreditar que as ruas desse país serão novamente tomadas pelo povo, exigindo a saída imediata de Michel Temer e a convocação de eleições gerais imediatamente. Por isso, nós estamos confiante na mobilização e grandiosidade dos protestos que se espalharam por todo o Brasil pelo Fora Temer e Diretas Já”, explicou.    



Informativo CUT PB

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.