Paraibanos farão vigília em defesa da democracia e de Lula nesta terça-feira (23)

Vigília nesta terça-feira (23), às 19h, e ato público na quarta-feira (24), as 8h, na Praça João Pessoa marcam mobilização em João Pessoa.

Escrito por: Ascom CUT-PB e CUT Nacional • Publicado em: 22/01/2018 - 15:58 • Última modificação: 22/01/2018 - 16:06 Escrito por: Ascom CUT-PB e CUT Nacional Publicado em: 22/01/2018 - 15:58 Última modificação: 22/01/2018 - 16:06

Reprodução

Às vésperas do julgamento de Lula, a Frente Brasil Popular, dentre as quais contemplam, a CUT-PB, Fetag, sindicatos, Nova Central, Levante Popular da Juventude, pastorais de Igrejas, CTB, UNE, MST, partidos progressistas, e movimentos de mulheres, realizam uma vigília nesta terça-feira (23), às 19h, na Praça João Pessoa, em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato. Já na quarta-feira (24), a partir das 8h, no mesmo local haverá um ato público com a presença de artistas, intelectuais e militantes dos movimentos sociais.

O julgamento, que acontece no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre já mobiliza milhares de pessoas na capital gaúcha, no Brasil e em todo o mundo para acompanhar o julgamento do recurso no processo referente ao caso do tríplex do Guarujá (SP), que é parte da Operação Lava Jato.

Para lideranças como o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas, o principal crime de Lula é ser líder das pesquisas de intenção de votos e o julgamento poderá condenar alguém inocente, num caso sem provas ou testemunhas que evidenciem ilegalidades, tratando-se, portanto, de uma perseguição política.

"É a disputa de um projeto para um país subordinado aos interesses do grande capital internacional - um país para poucos -, contra a de um país soberano, com indústria e agricultura nacional pujante, geração de emprego e distribuição de renda, um país para todos e todas. É disso que se trata essa perseguição."

 

Título: Paraibanos farão vigília em defesa da democracia e de Lula nesta terça-feira (23), Conteúdo: Às vésperas do julgamento de Lula, a Frente Brasil Popular, dentre as quais contemplam, a CUT-PB, Fetag, sindicatos, Nova Central, Levante Popular da Juventude, pastorais de Igrejas, CTB, UNE, MST, partidos progressistas, e movimentos de mulheres, realizam uma vigília nesta terça-feira (23), às 19h, na Praça João Pessoa, em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato. Já na quarta-feira (24), a partir das 8h, no mesmo local haverá um ato público com a presença de artistas, intelectuais e militantes dos movimentos sociais. O julgamento, que acontece no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre já mobiliza milhares de pessoas na capital gaúcha, no Brasil e em todo o mundo para acompanhar o julgamento do recurso no processo referente ao caso do tríplex do Guarujá (SP), que é parte da Operação Lava Jato. Para lideranças como o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas, o principal crime de Lula é ser líder das pesquisas de intenção de votos e o julgamento poderá condenar alguém inocente, num caso sem provas ou testemunhas que evidenciem ilegalidades, tratando-se, portanto, de uma perseguição política. É a disputa de um projeto para um país subordinado aos interesses do grande capital internacional - um país para poucos -, contra a de um país soberano, com indústria e agricultura nacional pujante, geração de emprego e distribuição de renda, um país para todos e todas. É disso que se trata essa perseguição.  



Informativo CUT PB

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.